38ª Cavalgada atrai grande público para o Chicão e as ruas da cidade

WhatsApp Image 2024-04-21 at 21.34.13

Criado em 1981, evento retornou ao calendário do Município em 2022, após uma pausa de seis anos

 

Um emocionante desfile de amazonas e cavaleiros foi o destaque da 38ª Cavalgada de Pará de Minas, realizada nesse domingo, 21, pela Prefeitura de Pará de Minas, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Comunicação Institucional. Antes do início do desfile na Esplanada do Chicão, os participantes e seus animais foram abençoados pelo Padre Dênis. 

Após sair do Chicão, o cortejo passou pela Avenida Presidente Vargas, Praça Melo Viana, Rua dos Expedicionários, Praça Torquato de Almeida, Rua São José, Praça Afonso Pena, Praça Padre José Pereira Coelho, Rua Benedito Valadares, Rua do Rosário, Praça Melo Viana e Avenida Presidente Vargas, que ficou lotada de famílias e pessoas de todas as idades para assistir ao desfile. 

De volta ao Chicão, amazonas e cavaleiros se juntaram a um grande público, que aguardava os shows gratuitos de Marcos Motta, Edmar e Josimar, Fábio Meller, e Gracyana Duarte.

Antes dos shows, o economista Marcos Abreu, idealizador da Cavalgada, foi homenageado pela Prefeitura. Também foram premiados a comitiva mais organizada, a amazona mirim e a Rainha da Cavalgada. O animal mais bonito do desfile também foi destacado.

“Pará de Minas é um exemplo notável de preservação de nossas tradições. Hoje, estou presente para testemunhar o desfile da 38ª Cavalgada, um evento festivo que celebra nossas raízes culturais”, ressaltou o Prefeito Elias Diniz. 

“Já se passaram 38 edições desde a criação da Cavalgada, um evento que não pode acabar. É fundamental preservarmos nossa tradição com organização, para desfrutarmos desse domingo especial com nossas famílias, aproveitando esse evento significativo para Pará de Minas”, disse o Deputado Federal Diego Andrade. 

A Secretária de Cultura e Comunicação Institucional, Andréia Xavier Paulino, afirmou que este é mais um evento que entra para a história de Pará de Minas. “Uma festa consagrada, com uma grande presença de público e um expressivo número de animais desfilando. E esta edição é ainda mais especial para mim, pois temos aqui a presença do Dr. Marcos Abreu, o idealizador desta Cavalgada”.

“Naquela época, em 1983, ocupei a presidência do Sindicato Rural de Pará de Minas. Durante esse período, concentrei meus esforços no setor rural. Com minha própria fazenda, dedicava-me à atividade, especialmente ao apreço pelos cavalos, experiência que remonta ao meu serviço militar na cavalaria. Decidi, então, homenagear esses animais e organizar uma festa especial, não só para celebrá-los, mas também para unir a comunidade rural e urbana. Envolvi a Polícia Militar, cujo patrono é Tiradentes, para colaborar na criação de um evento cívico. Afinal, os cavalos simbolizam a liberdade carregada pelos integrantes da Inconfidência Mineira. Propus, então, uma celebração com propósito, que transcendesse a mera espetacularização, e essa ideia foi bem recebida. Então hoje tenho de parabenizar as pessoas que estão mantendo esta tradição viva”, explicou Dr. Marcos Abreu, o idealizador da Cavalgada de Pará de Minas.

Fique por dentro da agenda e receba todas a novidades sobre o Chicão